Muito nais...

E-Book Grátis

Inesquecível Casamento preparou para você um E-book com 60 dicas para ler antes de casar

O que tem no E-BOOK?

1. PREPARATIVOS
2. SOBRE CONTRATAR UM BOM TIME DE PROFISSIONAIS
3. HORA DE FALAR DE DINHEIRO
4. DICAS PARA ACERTAR NA ESCOLHA DO FOTÓGRAFO
5. DIA DA NOIVA + LOOK
6. CERIMÔNIA: CHEGUE LINDA AO ALTAR
7. É FESTA!

Baixe seu e-book, é grátis e, você vai adorar!

 

 

 

2 de julho de 2017 / por / em
E o cerimonial? É mesmo necessário?

Há os que chamam de organizador de eventos, amigos dos noivos e até anjo da guarda fada madrinha. Tudo, para definir o cerimonialista. Independentemente de como os noivos queiram chamar, este profissional, cada vez mais comum e acessível a todos os bolsos, é fundamental na ajuda aos noivos na hora de organizar a data mais importante da vida deles: o casamento. Nada pode dar errado. Esta é a principal e quase única preocupação dos noivos. Não há como discordar do fato de que pais dos noivos, padrinhos e amigos muito próximos não terão tempo disponível para ajudar nos detalhes.

E é aí que entra o cerimonialista e o torna, quase sempre, mão de obra imprescindível. O profissional de assessoria de casamento, por organizar um evento tão grandioso como o casamento, cumprindo prazos, providenciando orçamentos e contratações, acaba deixando todos tranquilos, seguros e com a certeza de que nada passará despercebido. E isso é, sim, importante, já que é quase certo o estado emocional alterado de noivos, pais e padrinhos. Um bom planejamento é imprescindível para que tudo ocorra da maneira com que os noivos sempre sonharam. O caso é que a noiva, geralmente, não sabe por onde começar e, por falta de experiência, há o risco de investimentos errados, tanto de tempo quanto de dinheiro. Então, atenção. A melhor hora para começar a contar com a ajuda de um cerimonial é no começo, logo após a conclusão da lista de convidados e a única regra para a escolha deste profissional é a confiança.

O casal precisa confiar no cerimonialista, para delegar a ele as funções que lhe cabem. O cerimonial cuida de tudo: orçamentos de fornecedores, agenda e acompanhamento de visitas e degustações, fechamento de contratos, elaboração de cronograma e planejamento do evento, roteiros, soluções para possíveis problemas, enfim, o profissional que atua em assessoria e casamento vai estar atento a tudo, a todos os detalhes e na solução de todos os problemas que surjam, tanto durante o planejamento quando na hora da festa. A fonte de inspiração do cerimonial é, sem dívida, o casal. O profissional está trabalhando para a realização do sonho dos novos e, por isso, tudo precisa ser conversado, combinado, firmado, escolhido, revisto, confirmado e contratado, de perto, para que os noivos tenham a garantia de que terão o melhor no grande da de suas vidas. Para muitos, o cerimonial é uma espécie de guardiões dos noivos e da festa. Eles garantem comodidade e tranqüilidade para os convidados; contatos e articulações prévias com todos os fornecedores; economia, já que, por terem muitos parceiros, podem conseguir bons descontos; auxílio na escolha do cardápio, na contratação de local, Buffet e decoração; acompanhamento até a finalização do evento; verificação de qualidade e desempenho da música e fornecedores; e até a hora certa para a noiva jogar o buquê de flores e de os garçons servirem o jantar.

1 de março de 2017 / por / em
Erros na organização do casamento? Conheça dez e fuja deles!

Nenhuma mulher nasce sabendo como organizar um casamento e, infelizmente, não dá pra sair praticando por aí. Então, nada mais importante que pesquisar e estar atenta para alguns erros que, embora sejam comuns, podem prejudicar os resultados. Profissionais da área listaram os dez maiores equívocos que as noivas cometem no planejamento do grande dia.

1- A escolha do local pelo preço
É claro que, para muitos casais, o custo de cada item é o mais importante a ser observado. O caso é que há os que acabam se prendendo demais ao valor do que ao local. Na hora da escolha, é importante observar se o local tem a ver com o casal, porque transformar o visual do espaço pode encarecer ainda mais a decoração. Então, atenção. Antes do valor, o casal precisa se identificar com o lugar. É difícil encontrar o local ideal? Calma e cautela são o que há de mais importante. Sempre há um lugar charmoso, com o qual os noivos vão se identificar e que ficará dentro do orçamento.

2- O convite a pessoas que não vão 
O número de convidados é o que delimita o tamanho da festa e é comum os noivos calcularem o investimento na recepção, contando que determinado percentual dos convidados não vai comparecer. Isso pode significar risco de lugar lotado, falta de comida e bebida, por exemplo. Uma das soluções mais simples é a confirmação de presença e a contratação do serviço de Buffet para o número exato de pessoas.

3- Mudanças radicais no visual
Na véspera do casamento, é comum encontrar noivas tingindo o cabelo, cortando curto ou colocando apliques, ou alisando. Apesar do costume, o conselho de especialistas é para que as noivas fujam das mudanças radicais. Segundo os entendidos do assunto, o visual da festa será levado para sempre em fotos e vídeos e, como o risco dessas mudanças não agradarem é grande, é melhor abrir mão delas. Está em dúvidas? Salões e profissionais de beleza fazem testes de maquiagem e penteado, o que possibilita a escolha de um visual que combine com o seu estilo. Melhor do que arriscar.

4- Esquecer o horário limite 
Em todos os lugares, há, por contrato, horário estipulado para o término da festa. Só que este item, muitas vezes, o casal não se dá conta de que ele é também aplicado à desmontagem do espaço. A consequência é a extensão do tempo de festa e o comprometimento das regras do espaço. Para que isso não aconteça, é importante que toda a equipe cheque o tempo de desemontagem da festa, para que seja feita a programação da festa, com margem para o término das atividades.

5- Convites de crianças bem pequenas para damas e pajens 
Quase todos os casais conhecem uma criança fofa, que acabou de começar a andar e quem que ela conduza as alianças, as flores ou a entrada da noiva. Só que, quando a criança é muito novinha, o risco de a cerimônia precisar ser interrompida é grande, já que os pequenos, possivelmente, vão se recusar a entrar na igreja. O número grande de pessoas a observá-los pode acabar sendo um fator inibidor. Se a presença de crianças for importante para o casal, opte então por um casal com mais de cinco anos. Isso assegurará que ele levem as alianças ou as flores, sem chorar e sem interromper o trajeto.

6- Exagero no número de atrações
Banda, escola de samba, show pirotécnico, retrospectiva animada, garçons cantores e caricaturista, tudo na mesma festa. É importante que o casal tenha em mente que os convidados não estão indo a um show, mas querem curtir, com os noivos, este momento tão especial. Para evitar muitas atrações desnecessárias e exagerar no estilo da festa, o casal precisa focar no que acredita que irá combinar com o próprio estilo e dos convidados, para que a festa seja harmoniosa e divertida para todos.

7- Preocupação exagerada com os convidados
Toda festa é planejada com carinho e para que todos aproveitem cada detalhe. Os noivos não podem se prender em cumprimentar todos os convidados, o que pode ser cansativo e, mais que isso, impossibilita que o casal aproveite os detalhes da festa, como jantar, bebida e música. As pessoas que estão presentes querem prestigiar os noivos e cumprimentá-los. Só que isso deve ser feito por determinado tempo, para que ninguém perca momentos da festa por causa disso. A pista de dança, por exemplo, é uma ótima oportunidade de dar uma rápida atenção a boa parte dos convidados.

8- Exclusão da mãe e sogra das decisões
Toda mãe, especialmente dos noivos, querem participar dos detalhes do planejamento do casamento e excluí-los do processo pode significar mágoas e tristeza. É claro que os noivos não devem permitir que seus pais tomem conta de tudo, mas deixá-los participar e opinar sobre certas decisões os fará mais felizes. A cor da decoração, o modelo do convite, o tipo de doce e a sugestão de músicas para a lista podem ser dados por eles. Essa decisão os deixarão mais felizes e farão com que se sintam mais importantes e úteis.

9. A escolha do DJ, sem conhecer o estilo
O fato de aquele DJ ser o nome mais comentado entre os amigos não significa que ele é o mais recomendado para a sua festa. Como todo profissional envolvido na produção e realização do casamento, este também precisa ser testado. O estilo dele ditará o ritmo da recepção e isso pode significar uma festa embalada por música sertaneja ou pagode. Então, antes de bater o martelo sobre determinado DJ, é importante pesquisar sobre o estilo dele e, na hora de negociar, falar claramente sobre o repertório desejado pelos noivos.

10- Ser noiva e querer carregar o mundo nas costas
A maioria das noivas quer organizar o casamento sozinha e, como quase todas têm uma vida profissional atarefada, conciliar as duas agendas pode ser um problema. Para evitar sobrecargas, pode ser necessária a contratação de uma assessoria, como o serviço de cerimonial, que tem a função de ajudar na organização. Caso o orçamento não permita, uma amiga, a mãe ou alguém próximo pode ser uma boa opção.

1 de março de 2017 / por / em
A dificuldade na hora de escrever os votos

Se os noivos não são escritores, jornalistas ou amantes das palavras, com certeza terão dificuldade na hora de colocar no papel seus votos, que serão lidos publicamente no grande dia. Só que o que pode, em princípio, parecer difícil, na verdade não é. E pra ajudar, vale buscar inspiração no cinema e fazer listas de objetivos, mas o principal é, sem dúvida, usar a personalidade do outro como base. O casamento pode estar lindo, a decoração perfeita e o celebrante ter o dom da palavra, mas nada vai emocionar mais do que uma bela declaração de amor. É bonito, emociona e ninguém vai se esquecer. Muito menos os noivos. O caso é que boa parte dos simples mortais tem dificuldade com as palavras, pelo menos na hora de escrever. Para estes, que acham complicado colocar no papel o que sentem, algumas – preciosas – dicas devem ajudar. O primeiro passo é ter em mente que os votos são, além de emocionante, uma experiência única e pessoal, que irá, sem dúvida, comover os presentes. Isso pode ser assustador, é claro, porque é o momento em que os noivos estão expondo aquilo que sentem.  Então, relaxe e promova uma discussão entre o casal, para decidir se os votos serão individuais ou conjuntos, já que, se forem escritos sozinhos, eles terão outro teor. Isto definido, é hora de anotar tudo o que você ama no seu noivo e na sua noiva. Ele é engraçado? Ela é carinhosa? Ele tem sempre a palavra certa pra dizer?

Liste. Ponha no papel aquilo que faz seu coração bater quando pensa nele. Se houver dificuldade nisso, pergunte-se qual a qualidade dele, como você se descobriu apaixonado, quais suas melhores lembranças e outras questões que te façam pensar na relação de vocês. Listinha pronta? O passo seguinte é tentar saber o que você gostaria que lhe fosse prometido por ele e o que você prometeria. Essas respostas ajudarão a avaliar o quão especial é a relação e o quanto essas promessas são únicas pra vocês. Não devaneie, seja específica e clara. E esqueça que a resposta poderá fazer alguém rir, porque isso sempre acontece. Tenha em mente a sinceridade e pense em questões como o que fará o relacionamento ser mais saudável e o que vocês precisam fazer para serem, sempre cúmplices e terem a confiança do outro. São bons exemplos. É chegada a hora de juntar todas as respostas anteriores. Não, não é difícil, só requer um pouco de cuidado. O começo pode ser uma declaração de amor. Simples, mas doce, seguida do que você mais ama no outro. “João, você é o homem mais maravilhoso que eu conheço. Amo o seu jeito de andar, o modo como lida com a minha raiva e o seu carinho nos momentos difíceis. Amo você e tudo o que você representa na minha vida”. Não, ainda não acabou. Depois dessa declaração de amor e do seu sentimento em relação a ele, é precisou dar toques pessoais. Uma lembrança compartilhada, o fato de que você sabia que os destinos estavam traçados mesmo antes do namoro, são boas opções.

Depois, com o texto praticamente pronto, é necessário praticar. O espelho é o melhor crítico. Pratique olhando para si mesmo, com pausas, caso a emoção tome conta. Isso deve acontecer. Se o escrito ficou muito grande e passou de três minutos, um bom limite, corte alguns itens ou diminua a quantidade de palavras. Isso vai ajudar a chegar ao tempo máximo. E, cá entre nós, se nada disso der certo, esqueça as dicas e ouça o coração. Com toda certeza deste mundo, o amor que um sente pelo outro vai ser a principal inspiração para este momento tão especial.

1 de março de 2017 / por / em
Falta um ano, é hora de colocar tudo no papel

Pode parecer muito tempo, mas um ano passa rápido. E se os dias forem ocupados com trabalho, estudos e outros afazeres, além do planejamento do grande dia, aí parece que eles passam tão mais rápido, que quase não dá tempo de cuidar de tudo. Então, é hora de começar a cuidar dos detalhes. A relação estava tão perfeita, que vocês decidiram ficar noivos ou começaram a falar, oficialmente, em casamento. E assim, com o pedido feito, emoções à flor da pele, é hora de transformar em realidade, todos os sonhos para a data mais esperada por 10 entre 10 mulheres. Só que sonhos não bastam. É preciso planejamento e paciência.

E um ano é um tempo razoável, para organizar uma linda festa que inclua tudo o que é necessário para o dia ser o maior sucesso da sua vida. As primeiras iniciativas são escolher a data, decidir de quanto será o investimento e fazer a reserva do espaço para a festa. É a hora também de listar músicos, cabeleireiros e maquiadores, fotógrafos e outros profissionais que serão necessários à realização do evento. Logo no começo dos planos, quando faltarem oito meses, é preciso selecionar damas de honra e padrinhos, começar a procurar vestidos de noiva, decidir o tipo de recepção, conhecer fornecedores e contratar um cerimonialista, além de dar início aos planos para a lua de mel, com a escolha do destino e o orçamento de passagens e hospedagem. Quando faltarem seis meses antes do grande dia, é necessária a escolha do cardápio e das bebidas, o convite formal aos padrinhos e damas de honra, a seleção dos tecidos e profissionais que vão cuidar das roupas das crianças ou da loja que vai fornecer as peças. Cinco meses para a cerimônia, o casal precisa contratar os serviços de fotografia e filmagem, músicos e decoradores. É nesta etapa da organização que a noiva deve escolher o modelo e encomendar o buquê, a grinalda e os arranjos.

Quatro meses antes, com a lista de convidados finalizada, os convites têm que ser escolhidos e encomendados, a viagem de lua de mel marcada, o vestido de noiva e roupas de padrinhos, damas e noivo, escolhidos. E é o momento também de definir data e local para o chá de cozinha, chá bar ou chá de lingerie. Aos três meses, é tempo de agendar cabeleireiro, com testes de penteado e maquiagem, encomendar bolo e doces, listar presentes e marcar o casamento no cartório. Sim, já está chegando a hora. Quando faltarem só dois meses, os convites precisam ser enviados e o bufê provado. Se houver convidados de outras cidades, é necessário providenciar hospedagem. E um mês antes, é preciso fazer o chá, escolher a trilha e comprar tudo o que complementa o visual da noiva: joias, meia fina, sapatos e lingeries. Na semana anterior à festa, alguns detalhes importantes ainda precisarão ser checados, como a última prova do vestido. Colocar os sapatos da festa para amaciar também é importante, assim como confirmar todos os fornecedores. Dois dias antes, é momento de parar de se preocupar com os preparativos do grande dia e se preparar para ele. A estrela do casamento, eu precisa estar impecável, tem que fazer as unhas, depilar-se, cuidar das sobrancelhas, providenciar a busca do vestido, descansar num SPA e relaxar. Mesmo que isso inclua banho de cachoeira, massagens ou aquela sessão de yoga. Depois… bem, depois já é a festa. Então, é só aguardar.

1 de março de 2017 / por / em
Dá tempo de ser uma noiva saudável?

A resposta a esta pergunta depende, é claro, do tempo que falta para o casamento e do nível de disposição da noiva par assumir a meta de estar saudável para o casamento. Para ajudá-las, empresas estão se especializando no assunto e oferecendo pacotes especiais para perda de peso e regulação dos níveis de substâncias no sangue. Não tem jeito. Toda noiva quer estar linda e magra para o grande dia. Só que para atingir essa meta, as mulheres precisam se dedicar. E se o tempo até o casamento for curto então, aí, além de dedicação, uma ajudinha também é bem-vinda. E com a procura por essa ajudinha aumentando, empresas estão trabalhando para oferecer pacotes especiais para as noivas. Entre as metas traçadas por profissionais, está, em primeiro lugar, a busca por novos hábitos alimentares, não apenas para o casamento, mas para o resto da vida.

Outro passo oferecido pelas empresas são as lindas de produtos detox, com sucos e sopas, o uso de cosméticos naturais, alguns feitos de maneira artesanal, com óleos essenciais, e essências, aromas e texturas, que ajudam no viço da pele. Então, para quem está prestes a subir ao altar e precisa perder uns quilinhos, não dá pra contar só com o gasto calórico da maratona própria dos preparativos. É necessário encarar uma super dieta, para ficar linda naquele vestido minuciosamente escolhido, e em todos os ângulos das fotos também, é claro. Para começo de conversa, controle da ansiedade. Às vésperas do grande dia, esse mal que assola boa parte das mulheres, precisa ser combatido. A ansiedade é uma resposta do próprio organismo ao estresse de determinadas situações, que pode gerar insônia, aumento da pressão arterial, da tensão muscular e até do apetite, nosso maior problema nessa época de quase-casamento. Então, a ordem é equilíbrio.

Alimentos saudáveis são essenciais e ajudam a controlar – até – a ansiedade. Eles fornecem nutrientes necessários pra uma pessoa manter o pique para o dia a dia e ameniza possíveis efeitos do estresse. Sem falar que ajudam no controle do peso. A preocupação com intervalos pequenos entre as refeições também é importante, já que diminuir a fome reduz a ansiedade e evita as famosas beliscadas em horários inadequados. Ficar mais de três horas sem comer causa fome, ganho de gordura e aumento do hormônio que aumenta a retenção de líquido, chamado cortisol. E para os novos costumes não virarem sofrimento, umas dicas podem ser seguidas. São iniciativas simples, que ajudarão as noivas na conquista do peso ideal e de um visual bonito e saudável. Ingira pelo menos dois litros de água por dia. Além de auxiliar o organismo a eliminar líquido e evitar os famosos inchaços, a água ajuda na lubrificação do intestino. Alimentos diuréticos, como abacaxi, melancia, maracujá, morango, salsa, berinjela, abóbora e beterraba, entre outros, auxiliam o processo de perda de peso. Passe longe de sal.

Exatamente ao contrário dos alimentos diuréticos, os ricos em sódio colaboram com retenção de líquidos no organismo e aumentam a pressão arterial. Então, nada de pratos muito temperados, bolachas recheadas, embutidos em geral como lingüiça, salsicha e mortadela e salgadinhos. Alimentos gordurosos também precisam ser evitados. Calóricos, esses alimentos ainda são de difícil digestão. O excesso desses produtos é armazenado em certas regiões do corpo – sim, exatamente onde ninguém quer – causando a famosa e terrível gordura localizada. Na busca pelo peso ideal, fruta, verduras e legumes, especialmente os crus, são grandes aliados. Por serem ricos em vitaminas, minerais e fibras, eles ajudam no trabalho gastrointestinal. Fibras solúveis e insolúveis também são encontradas em alimentos integrais, como farelo de trigo e aveia. Quando o casamento estiver chegando, é importante dar preferência aos alimentos de fácil digestão. Pequenas porções de carne magra, alimentos ricos em fibra, saladas e frutas leves dão disposição. E disso, todo mundo precisa!

1 de março de 2017 / por / em